Acessibilidade: Casal de surdos participa do curso Bê-a-bá Bebê da Unimed Catanduva
05/12/2018 15:09 em Novo Horizonte

À espera do primeiro filho, casal participou de todas as atividades com a ajuda de uma intérprete

 

Quando Alane Cristine Alves Melo recebeu o teste positivo de sua gravidez, diversas dúvidas surgiram em sua cabeça: como saber se o bebê está com fome, se está com cólica, colocar para arrotar. Ações que, para muitos pais podem ser simples, mas para Alane e o marido Claudinei Souza Melo, serão um grande desafio, pois ambos são surdos.

 

No entanto, a limitação não abateu o casal que, com amor e felicidade, celebra a nova vida que está crescendo em Alane. Ambos participaram do curso Bê-a-bá Bebê, oferecido e organizado pela Unimed Catanduva, através da Medicina Preventiva.

Com a ajuda da intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras), Daniela Fernandes de Moraes Medeiros, o casal tirou dúvidas sobre os primeiros cuidados com o bebê e se mostrou confiante. Em uma das aulas, aprenderam com um boneco como dar o banho. “Tive um pouco de medo de pegar o bebê, pois achei muito mole, mas não podemos ter medo”, disse a futura mamãe.

 

Alane e Claudinei ainda têm algumas inseguranças, mas acreditam que com muito treino e ajuda de parentes, conseguirão vencer esses desafios. “Será treino e observação; no começo terei ajuda da minha prima e cunhada. Mas o segredo é não deixar o bebê sozinho”, completou confiante.

 

Alane é beneficiária da Unimed Catanduva e inscreveu-se no curso com a ajuda de uma intérprete da sua igreja. “Foi muito bom, aprendemos muitas coisas de como cuidar do nosso bebê”, disse.

 

A intérprete Daniela, que ajudou na “tradução” das apresentações ao casal, elogiou a alegria deles de participarem e de serem acolhidos pelo curso. “É gratificante demais estar aqui, me emociono com as palavras e com as atividades”, disse. Em uma delas, os pais deviam conversar com o bebê e, ao questionar o casal, eles responderam que sentiu o bebê dizendo que os amava. “Até brilhou os meus olhos”, completou emocionada. Daniela está na profissão há 12 anos e, além de trabalhar como intérprete, também leciona o curso de Libras em Catanduva.

 

Unimed Catanduva capacita equipes para Libras

A presença do casal de surdos no curso de gestantes corroborou a política inclusiva que a Unimed Catanduva adota para seus públicos-alvo. “Foi uma feliz coincidência. Temos na equipe de Medicina Preventiva a Melina Borges, assistente social que domina a Libras. Assim, apoiados pelo Corpo Diretivo, estamos multiplicando esta habilidade para os colaboradores que atendem o público e que possam acolher essas pessoas quando necessitam dos nossos serviços”, informou Júlio Ferraz, gerente da cooperativa. Segundo ele, o planejamento para o curso de Libras está finalizado e deverá ser iniciado em breve.

 

Curso Bê-a-bá Bebê

Realizado pela Medicina Preventiva, o curso é gratuito, ministrado por uma equipe multiprofissional composta por: enfermeiros, nutricionista, psicóloga, dentista e médicos. O Bê-a-Bá Bebê é direcionado às beneficiárias da Unimed Catanduva, mas se estende também a particulares.

O curso é realizado em cinco módulos com abordagem de temas relacionados a todas as fases da gestação e puerpério (da concepção ao pós-parto), sendo realizado no auditório da Unimed Catanduva, localizado na rua Rio Preto, 438, nos meses de fevereiro, maio, agosto e novembro. As aulas são diárias, com duração de uma semana.

 

Por: Assessoria de Comunicação Unimed Catanduva 

Fotos: Créditos: Comunicação Unimed Catanduva

COMENTÁRIOS