Presente de Natal: internada há três meses, adolescente realiza passeio com os pais fora de UTI
14/12/2018 08:58 em Região

Inciativa do Unimed Hospital São Domingos emocionou pais que há tempos tinham deixado de passear com a filha

Elias Jorge Ferreira e a esposa Maria Odete de Araújo Ferreira puderam realizar um grande sonho antecipado de natal no Unimed Hospital São Domingos (UHSDom). O casal é pai de Yasmin Jorge Ferreira, 15 anos, que há três meses estava hospitalizada na unidade de terapia intensiva do UHSDom e que, no último dia 7, saiu para um banho de sol num passeio emocionante com os pais no pátio do hospital. Yasmin teve melhora no seu quadro de saúde e alguns dias depois do passeio foi transferida para o quarto.

Com limitações neurológicas desde os sete meses de vida, sem poder se expressar oralmente e respirando por traqueostomia, Yasmin não se intimidou em demonstrar suas emoções. De carreira de rodas – acompanhada pela equipe de enfermagem e fisioterapia, a jovem fez descobertas. Desde a saída do leito, durante o trajeto pelos corredores do hospital até o pátio foram inúmeras - a árvore de natal, a movimentação de profissionais e a luz do dia -, detalhes simples, mas que não passaram despercebido ao olhar de Yasmin, e o mais importante, estava o tempo todo em contato com sua mãe ‘Dete’ e o papai Elias.

O passeio durou dez minutos. Para muitos pode parecer pouco tempo, mas para Yasmim, seus pais e até mesmo membros da equipe da UTI foram momentos marcantes. “Quando recebi o recado, não dormi de tanta ansiedade para amanhecer o dia e passear com nossa filha. Chegamos a imaginar que eu nunca mais pudesse passear com ela, esse momento é único, maravilhoso”, disse a mãe muito emocionada.

O pai destacou que mesmo com suas limitações, Yasmim sempre participou do convívio social da família: “Ela gosta de passear, em nossa cidade (Paraíso) sempre andamos com ela, nunca a deixamos para trás, participa de tudo junto aos irmãos, a caçula de 13 anos e o irmão de 21 anos”, disse Elias.

Humanização

Contar com a família, com o benefício afetivo no tratamento do paciente vem sendo um objetivo cada vez mais forte no Unimed Hospital São Domingos, conforme explicou o coordenador da UTI adulto, Ozéias Ujaque. “Cada vez mais fala-se de humanização e isso é o que entendemos para a melhoria na recuperação do paciente. A nossa expectativa é poder agregar a família junto ao tratamento dos pacientes que estão conscientes e conseguem interagir”.

Por: Assessoria de Comunicação Unimed Catanduva

COMENTÁRIOS