Energisa Sul-Sudeste alerta para cuidados na instalação e manutenção de cerca elétrica
24/09/2021 14:39 em Tecnologia

Instalada com o intuito de proteger imóveis, condomínios, empresas e outras propriedades em áreas urbanas e rurais, a cerca elétrica está na lista dos dispositivos de segurança que requerem cuidados redobrados na hora da instalação e manutenção, principalmente quanto à rede elétrica. O que muitas pessoas não sabem é que, apesar de haver leis específicas quanto ao uso das cercas eletrificadas, a instalação em locais indevidos, como próximo a postes e fiação elétrica, coloca em risco a segurança da comunidade e do sistema elétrico. 

 

A coordenadora de Saúde e Segurança da Energisa Sul-Sudeste, Juliana Volpi Favaretto, explica que a cerca elétrica é composta por fios de aços, isoladores e hastes. Dessa forma, devem ser mantidas longe da rede elétrica, bem como de folhagens ou árvores, para evitar acidentes com a eletricidade. 

 

Apesar das recomendações, de acordo com a Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), as cercas elétricas estão entre as principais causas de acidentes com energia no ambiente residencial, sendo que só no ano passado foram 13 vítimas fatais. Entre as causas de lesão ou morte envolvendo cerca elétrica estão choque por descarga prolongada, curto-circuito e manuseio indevido de objetos metálicos ou que conduzem eletricidade perto da cerca energizada. 

 

“Qualquer serviço que envolva energia elétrica deve ser feito por um profissional qualificado. O problema é que muitas vezes, na tentativa de economizar, as pessoas acabam improvisando na hora de realizar os serviços de instalação ou manutenção da cerca elétrica, colocando em risco a própria vida e de outras pessoas ao redor”, destaca Juliana. 

 

Além da altura mínima de muros e estruturas para que não haja acidentes e choques acidentais em moradores ou pessoas que transitam perto do dispositivo, é importante que haja placas sinalizadoras que identifiquem a cerca eletrificada, ressaltando o alerta sobre a periculosidade de tocar nos fios. 

 

Por fim, a coordenadora de Segurança enfatiza que a cerca “deve ser desligada quando houver rega de plantas, podas de árvores ou quaisquer outros serviços de construção ou manutenção predial cujo trabalhador possa tocar nos fios”.  

COMENTÁRIOS