Festas de final de ano impactam em aumento de internações
07/01/2021 10:40 em Região

O número de internações na Unidade Respiratória do Hospital Unimed São Domingos (HUSD), da Unimed Catanduva, cresceu 125% desde o dia 24 de dezembro, véspera do Natal. De acordo com boletim divulgado pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) nesta quarta-feira, 6, a unidade tem nove pacientes internados com suspeita ou confirmados para Covid-19. No último dia 4, chegou a 13 internações

 

O aumento de pacientes internados é um provável reflexo das festividades de final de ano, quando familiares e amigos se reuniram para celebrar as comemorações de Natal e Ano Novo. Em razão da situação, as cirurgias eletivas voltam a ser racionalizadas no hospital. Para a realização dos procedimentos, serão consideradas as situações de urgência e emergência.

 

Até o momento, de acordo com o boletim, são quatro pacientes internados na UTI da Unidade Respiratória, todos confirmados para Covid-19. Outros cinco pacientes estão na Enfermaria da unidade, sendo quatro confirmados para a doença e um aguardando resultado. Do total de internações, três são de Catanduva. Dois óbitos foram registrados nesta semana, sendo um confirmado para Covid-19; trata-se de mulher de 84 anos. O outro aguarda resultado.

 

Por conta do aumento de internações, a inauguração da nova ala de Quimioterapia, agendada para 8 de janeiro, foi adiada. Uma nova data ainda não foi definida.

 

Alerta

 

A segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus é uma realidade. Grandes centros urbanos já sentem o reflexo da resistência da população em seguir regras de distanciamento mais rígidas. Por esta razão, a diretoria da Unimed Catanduva reforça o alerta em manter a prevenção contra a Covid-19.

 

“Mantemos o hospital e equipe estruturados para o atendimento aos pacientes, seja por casos de Covid ou outras doenças. Entretanto, é necessário que a população também faça a sua parte e mantenha o distanciamento social e demais meios preventivos para coibir a proliferação deste vírus que, inclusive, já apresenta uma nova cepa”, disse o presidente da operadora, o oftalmologista José Renato Pizarro.

 

Crédito da imagem: Divulgação/Unimed Catanduva

COMENTÁRIOS